Brasília sedia evento inédito de grandes coleções

Emerson F. Tormann 24 de out de 2017
KLEBER SANTOS 29 - Eleições CREA-DF
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Mostras, de 24 a 29 de outubro no Centro de Convenções, incluem selos e moedas raros, carros antigos, artesanato e orquídeas


Brasília vai sediar pela primeira vez, entre 24 e 29 deste mês, um evento de multicolecionismo que reunirá em um único espaço filatelistas do mundo inteiro, colecionadores de cédulas e moedas, além dos apaixonados por carros antigos, orquídeas e artesanato.

Promovida pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a Colecionar 2017 ocorrerá no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com o apoio do governo do DF, por meio da Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer.

Os seis dias de atividades artísticas, culturais e de lazer devem atrair ao local um público estimado de 20 mil visitantes. A entrada é franca.

O evento vai abrigar, só no caso da filatelia, duas grandes exposições de selos. A primeira, a Brasília 2017 — International Stamp Exhibition —, terá participação de 55 países.
A programação inclui oficinas, encontros, oportunidades de negócios, performances e atividades culturais

Nela estarão presentes as 16 coleções mais premiadas do mundo. A outra é a Exposição Nacional Brapex 2017, que prevê a participação de todas as unidades da Federação, com coleções raras e valiosas.

Para estimular a paixão dos colecionadores, a organização buscou parcerias estratégicas que garantissem a multiplicidade de temas e de peças em exposição, várias delas disponíveis para comercialização.

Cédulas e moedas

A Exposição de Cédulas e Moedas será promovida pela Sociedade Numismática Brasileira. Ao todo, serão dez coleções à disposição dos visitantes. Além de raras, são peças que marcaram a história do País e do mundo ao longo do tempo. Entre elas estão:
  • » Moedas gregas e romanas
  • » As primeiras cédulas que circularam no Brasil
  • » As menores moedas do mundo
  • » Moedas comemorativas, como a que celebrou os 400 anos de descobrimento do Brasil
  • » Moeda que marcou a fabricação de um milhão de Fuscas no País

Carros antigos

A Exposição de Carros Antigos será apresentada pelo Veteran Car Club, entidade reconhecida no DF, especialmente por manter uma exposição fixa no Museu Vivo da Memória Candanga.
Nessa mostra, o Veteran apresentará 30 modelos considerados raros. Entre eles estão: os primeiros carros importados pelo Brasil, os primeiros veículos nacionais e os que não são mais fabricados, chamados fora de série.

Orquídeas

A Exposição de Orquídeas será organizada pela Sociedade Orquidófila de Brasília, que já tem tradição com as coleções dessas espécies.
A entidade vai mostrar exemplares raros, premiados nos principais eventos nacionais e, especialmente, as orquídeas que chegam com a primavera, cuja exuberância é ainda maior nesta época do ano.

Artesanato

As coleções de artesanato serão apresentadas por artesãos conhecidos em Brasília. Eles vão expor, especialmente, peças em cerâmica, porcelana, tecidos e madeiras.
A produção artesanal candanga já tem tradição em eventos. A programação da Colecionar 2017 inclui oficinas, encontros e oportunidades de negócios, bem como shows, performances e atividades culturais.

Colecionar 2017 – exposições e programação artística - De 24 a 29 de outubro (terça a domingo) - No Centro de Convenções Ulysses Guimarães - Até sexta (27), das 10 às 22 horas, e no fim de semana, das 9 às 18 horas


Galeria de Fotos - https://flic.kr/s/aHsm6FB5jh
Kleber Souza dos Santos

Engenheiro Agrônomo (UFSC, 1992). Mestre em Gestão Econômica do Meio Ambiente (UnB, 2001). Especialista em Gestão do Agronegócio (UnB, 2009). Especialista em Botânica (UFLA, 2006). Especialista em Administração Rural (UFV, 1995). Candidato à Presidência do CREA-DF, eleições 2017.

Comentar “ Brasília sedia evento inédito de grandes coleções”

Este espaço é democrático no qual você pode opinar. No entanto, comentários ofensivos, desrespeitosos ou com vocabulário inadequado não serão aceitos. Se preferir, envie sua mensagem para kleber@valoriza.eng.br. Obrigado.